SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE CAMPINAS E REGIÃO
SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE CAMPINAS E REGIÃO
Home Sindicato Notícias Jurídico Convênios Contato Filie-se Aniversariantes
AUDIÊNCIA COM SECRETÁRIO EXECUTIVO DA POLÍCIA CIVIL DR. YOUSSEF ABOU CHAHIN
AUDIÊNCIA COM SECRETÁRIO EXECUTIVO DA POLÍCIA CIVIL DR. YOUSSEF ABOU CHAHIN
O presidente do Sinpol Campinas, Aparecido Lima de Carvalho “Kiko’’ juntamente com o presidente do Sinpol Ribeirão Preto Célio Antônio Santiago e os diretores Júlio, Fátima e Daniela estiveram reunidos na data de ontem 21/09/2021 com o Secretário Executivo da Polícia Civil Dr. Youssef Abou Chahin onde foram tratados diversos assuntos como convênio da polícia civil de Campinas com a prefeitura para disponibilizar estagiários nas unidades policiais de Campinas, e fomos informados pelo Secretário que este convênio está bastante adiantado e em breve deverá ser autorizado.
 
Também foi abordado a campanha salarial para 2022 diante da enorme defasagem que estamos enfrentando nos últimos anos e fomos informados que este assunto está em andamento com o governo juntamente com a reestruturação da polícia civil que também está em curso e ainda não foi finalizada, ou seja, a minuta de projeto que circula nas redes sociais, contém alguns itens que estão em discussão na administração e portanto nada ainda é definitivo e por isso pedimos cautela a todos ao analisar a minuta de projeto que está sendo veiculada, mas assim que tivermos acesso divulgaremos a todos.
 
Informamos também que o governo não sinalizou com nenhum reajuste salarial para cobrir nossa defasagem nos últimos anos, mas que temos boa chance em conseguir o reajuste para o ano de 2022.
 
Abordamos também o pagamento do abono permanência para os policiais civis que completaram o tempo de serviço para aposentadoria após a vigência da lei 1354/20, que não está sendo pago pela fazenda pública, que se embasa no artigo 28 § 1º da referida lei. O secretário comentou que não está sendo pago o abono permanência para estes policias civis apenas no período de pandemia, mas, entendemos que o não pagamento ocorre por falta de regulamentação do artigo 28 § 1º da lei 1354/20 (“A concessão do abono a que se refere o “caput” dependerá de disponibilidade orçamentária e de regulamentação do respectivo poder, órgão ou entidade autônoma.”), que deverá ser regulamentado após a aprovação do PLC 26/2021.
  
Saímos da reunião com uma boa impressão de que em 2022 haverá uma reposição salarial para compensar as perdas nos últimos anos ou uma reestruturação que deverá beneficiar todas as carreiras da polícia civil.
 

 
Att,
Aparecido Lima de Carvalho
Presidente Sinpol Campinas



Todos os direitos reservados © 2016 SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE CAMPINAS E REGIÃO. | Site produzido por www.ddccomunicacao.com.br